topo

Postado em 24 de Janeiro às 17h05

Indústria reclama a Guedes de desabastecimento para embalagens e pede redução de imposto

A Associação Brasileira da Indústria Gráfica (Abigraf) enviou nesta semana uma carta a Paulo Guedes em que demonstra preocupação com o desabastecimento de matérias-primas usadas pelo setor e pede a redução de impostos de importação sobre os insumos.

A Abigraf afirma que há falta de alguns tipos de papéis e cartões para a produção de embalagens de papel, alegando que as empresas nacionais foram afetadas pela pandemia e não têm dado conta de atender a demanda.

A associação defende que, para aliviar o problema, o governo determine a redução dos impostos de importação sobre uma lista de produtos citados, cujas alíquotas atualmente vão de 12% a 14%.

"É imprescindível que este ministério estabeleça a redução das alíquotas do imposto de importação destes produtos a 0% ou no máximo 2%, de forma a equilibrar a oferta com a demanda no mercado brasileiro a preços competitivos", diz a carta.

A Abigraf afirma que a medida é necessária para evitar o desabastecimento de embalagens para produtos de segmentos fundamentais, como o farmacêutico, o alimentício e de higiene.

(Por Naomi Matsu/Época/Jornal OGlobo)

Veja também

Confira o regulamento e novas datas para o 4º Prêmio Catarinense de Excelência Gráfica21/08/20 Os empresários gráficos catarinenses já podem conferir as novas datas do 4º Prêmio Catarinense de Excelência Gráfica. Adiada por conta do cenário atual que estamos vivendo, a premiação foi transferida para o ano que vem, com um calendário bastante semelhante ao que se planejava ser feito em 2020, com a diferença que, desta vez, as......
Two Sides lança nova campanha para amar papel08/09/20 Em mais um belo trabalho de conscientização sobre a sustentabilidade do papel, a ONG Two Sides lançou, em agosto, a campanha Love Paper. Na mensagem, a organização traz esclarecimentos sobre a matéria prima e as razões para amar papel. A campanha é um......
ARTIGO "Coronavírus: oito aprendizados para o setor de embalagens pós-crise"13/07/20 *Por Fábio Mestriner Tenho acompanhado com muita atenção os desdobramentos da crise que enfrentamos e, confesso, que nunca vi tantos palpites, análises equivocadas e opiniões sem fundamento ganharem espaço e destaque na mídia. Estamos diante de algo novo......

Voltar para Notícias